Venda exclusiva Biolab Brasil 

Plataforma de microscópio invertido da Nikon, totalmente nova, para tratamento de imagens avançado. Veja mais do que antes!

overview

Visão rápida do Eclipse Ti2 (0:28)

O Eclipse Ti2 proporciona um campo de visão (FOV) sem precedentes de 25 mm, que revoluciona a forma como você vê. Com este incrível FOV, o Ti2 maximiza a área do sensor de câmeras CMOS de grande formato sem restrições e melhora, de forma significativa, a transmissão de dados. A plataforma Ti2, que não apresenta desvios e é excepcionalmente estável, foi criada para ir ao encontro das exigências de imagem de super resolução ao mesmo tempo em que as suas exclusivas capacidades de aceleração de hardware melhoram até as aplicações de imagens de alta velocidade mais exigentes. Além disso, as funções inteligentes e exclusivas do Ti2 orientam os usuários através de fluxos de trabalho para aquisição de imagem, reunindo dados de sensores internos e eliminando a possibilidade de erros do usuário. Além disso, o estado de qualquer sensor é automaticamente registrado durante a aquisição, proporcionando um controle de qualidade para os experimentos e melhorando a reprodução de dados.  Em combinação com o software de análise e aquisição poderoso da Nikon, NIS-Elements, o Ti2 é uma inovação total em tratamento de imagens.

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

FOV inovador

fov

 Amplie sua visão (0:30)

À medida que as tendências em pesquisa evoluem na direção de abordagens sistêmicas e de larga escala, existe uma demanda crescente por capacidades de transmissão e aquisição de dados maiores e mais rápidas. O desenvolvimento de sensores de câmera de formatos grandes e de melhorias nas capacidades de processamento de dados dos computadores pessoais (PCs)  facilitaram essas tendências de pesquisa. O Ti2, com o seu campo de visão incomparável de 25 mm, constitui o próximo nível de escalabilidade, permitindo aos pesquisadores maximizarem, de fato, a utilidade dos sensores de grandes formatos e tirarem o máximo proveito de sua plataforma básica de imagens, enquanto as tecnologias das câmeras continuam a se desenvolver a um ritmo rápido.

Ti2-FOV

FOV única de neurônios cultivados, capturada com uma objetiva 60x CFI Plan Apo lambda e uma câmera DS-Qi2.

Foto cortesia de J. Rappoport, Nikon Imaging Center, Northwestern Univ.; Amostra cortesia de S. Kemal, B. Wang, and R. Vassar, Northwestern Univ.

Iluminação brilhante numa área mais ampla

Os LEDS de alta potência oferecem uma iluminação brilhante no enorme campo de visão do Ti2, assegurando resultados claros e consistentes em aplicações exigentes como por exemplo, na técnica de DIC com elevadas magnificações. A incorporação de um design de lente fly eye oferece uma iluminação uniforme de extremidade a extremidade nas imagens de alta velocidade quantitativa e um alinhamento suave das imagens nas aplicações de fusão de imagens.

Ti2_illuminator

Iluminador LED de potência elevada

Ti2-flye-eye

Lente fly-eye embutida

O iluminador de fluorescência compacto, desenvolvido para imagens de grande FOV, é equipado com uma lente fly-eye de quartzo e possui transmissão elevada em um espectro amplo, incluindo em UV. Os Filtros de fluorescência de grande diâmetro, com revestimento rígido, produzem imagens de FOV grande e com uma relação de sinal-ruído elevada.

Large FOV epi-fl illuminator

Iluminador epi-fl com FOV grande

Ti2-filters

Cubos de filtro de fluorescência de grande diâmetro

Iluminador epi-fl com FOV grande

O diâmetro de trajeto da luz de observação foi aumentado de modo a atingir um número de campo de 25mm na porta de imagem. O grande FOV resultante é capaz de capturar aproximadamente o dobro da área em comparação com a  óptica convencional, permitindo aos usuários obter um desempenho máximo de sensores de grande formato como por exemplo, os detectores CMOS.

Ti2-tube-lens

Lente de tubo ampliada

Ti2-imaging-port

Porta de imagem com um número de campo grande, 25mm

Objetivas para imagem com grande FOV

As objetivas com imagens altamente planas e homogêneas asseguram imagens de alta qualidade de extremidade a extremidade. A utilização do potencial máximo da objetiva com campo de  visão de 25mm acelera, significativamente, a coleta de dados.

Ti2-objective

Câmeras para aquisição de dados de grande volume

A câmera monocromática de alta sensibilidade DS-Qi2 e a câmera a cores de alta velocidade DS-Ri2 estão equipadas com sensores de imagem CMOS de 16,25 megapixels,  36,0 x 23,9 mm, permitindo o desempenho máximo com o FOV grande de 25 mm do Ti2.

ti2-dslr

Tecnologia de câmera D-SLR otimizada para microscópio

ti2-Qi2

DS-Qi2

Ti2-Ri2

DS-Ri2


Óptica Nikon inigualável

A óptica infinita CFI60 de alta precisão da Nikon, desenvolvida para utilização com uma grande variedade de métodos de observação sofisticados, é amplamente reconhecida pelos pesquisadores pelo seu excelente desempenho óptico e sólida confiabilidade.

Contraste de fase apodizado

As objetivas de contraste de fase apodizadas exclusivas da Nikon, com filtros de amplitude seletivos, aumentam, de forma dramática, o contraste e reduzem artefatos de halo, produzindo imagens detalhadas de alta definição.

Ti2-Apodized-Phase2

Células BSC-1 capturadas com objetiva 40xC CFI S Plan Fluor ELWD ADM

Ti2-Apodized-Phase1

Disco de fase apodizada incorporado em objetivas APC

Contraste de fase externo (Ti2-E)

O sistema de contraste de fase externo motorizado permite aos usuários combinar contraste de fase com imagem de fluorescência sem comprometer a transmissão da luz fluorescente, superando a necessidade de uso de objetivas de contraste de fase. Por exemplo, objetivas de imersão em líquido de NA muito elevada podem ser utilizadas para captura de imagens de contraste de fase. Utilizando este sistema de contraste de fase, os usuários conseguem facilmente combinar contraste de fase com outras modalidades de imagem, incluindo imagens de baixa fluorescência, como TIRF, e aplicações de pinça laser.

Ti2-External-Phase1

Imagens de contraste de fase externa e de epifluorescência: Células PTK-1 identificadas com GFP-alfa-tubulina, capturadas com objetiva de óleo CFI Apo TIRF 100x. Foto cortesia de Alexey Khodjakov, Ph.D Research Scientist VI / Professor, Wadsworth Center

Ti2-External-Phase2

DIC (Contraste de Interferência Diferencial)

A óptica DIC altamente renomada da Nikon fornece imagens detalhadas, com clareza uniforme e com elevada resolução e contraste em uma ampla gama de ampliações. Os prismas DIC são personalizados individualmente para cada lente objetiva para produzir imagens da mais alta qualidade em cada amostra.

Ti2-dic2

Imagens de epifluorescência e DIC:
Imagem FOV de 25 mm de neurônios (DAPI, Alexa Fluor® 488, Rodamina Faloidina), capturada com a objetiva CFI Plan Apo lambda 60x e a câmera DS-Qi2
Foto, cortesia de Josh Rappoport, Nikon Imaging Center, Universidade de Northwestern;
Amostra, cortesia de S. Kemal, B. Wang e R. Vassar, Universidade de Northwestern

Ti2-DIC

Os prismas DIC correspondentes a cada objetiva individual são instalados no revólver

NAMC (Contraste de Modulação Avançado da Nikon)

Esta é uma técnica de imagem de elevado contraste, compatível com plásticos, utilizada em amostras transparentes e sem tingimento, como por exemplo os oócitos. O NAMC fornece imagens pseudo-tridimensionais com uma aparência de sombra projetada. A direção do contraste poderá ser facilmente ajustada em cada amostra.

Ti2-NAMC2

Imagem NAMC: Embriões de rato, capturados com objetiva 20x CFI S Plan Fluor ELWD NAMC

Ti2-NAMC

As lentes da objetiva NAMC contêm moduladores rotativos

Colar de Correção Automática (Ti2-E)

Alterações na espessura da amostra, na espessura da lamela, na distribuição do índice de refração na amostra e na temperatura podem levar a aberração esférica e deterioração da imagem. As objetivas de elevada qualidade estão normalmente equipadas com colares de correção para compensar tais alterações, e o posicionamento preciso do colar é crítico para se conseguir imagens de elevado contraste e resolução. Este novo colar de correção automatizado utiliza um acionador harmônico e um algoritmo de correção automática que permitem aos usuários obterem sempre, com facilidade, um ajuste de colar preciso, e um  desempenho de objetiva máximo.

Ti2-Correction-Collar2

Imagem de super-resolução (DNA PAINT):
Células CV-1 expressando α-tubulina (verde) e TOMM-20 (magenta), capturadas com uma objetiva a óleo CFI Apo TIRF 100x

Ti2-Correction-collar

Mecanismo de acionamento harmônico que oferece um controle de alta precisão do movimento do colar de correção

Fluorescência

As objetivas da série λ, que utilizam tecnologia de revestimento de nano cristal da Nikon, são perfeitas a captura exigente de imagens de fluorescência multicanal, e com baixo sinal, que demandam elevada transmissão e correção de aberração numa gama ampla de comprimentos de onda. Combinadas com os novos cubos de fluorescência, que possuem uma detecção de fluorescência melhorada, e mecanismos contra luz dispersa, como por exemplo, o eliminador de ruído, as objetivas da série λ demonstram seu poder em observações de sinal fraco, como por exemplo, nas imagens de moléculas individuais e, até mesmo, em aplicações à base de luminescência.

Ti2-Epi-Fluor4

Imagem de luminescência:
Células HeLa expressando proteína indicadora de cálcio baseada em BRET, nanolanterna (Ca2+).
Amostra, cortesia do Prof. Takeharu Nagai, do Instituto de Pesquisas Industriais e Científicas, da Universidade de Osaka

Ti2-Epi-fluor1

Revestimento convencional

Ti2-Epi-fluor2

Revestimento de nano cristal


Foco Aperfeiçoado

pfs

O Sistema de Perfect Focus da Nikon (0:33)

Mesmo a mais tênue alteração na temperatura, e as  vibrações no ambiente de captura de imagens, poderão ter um grande impacto na estabilidade do foco. O Ti2 elimina o desvio de foco utilizando medidas dinâmicas e estáticas para permitir uma visualização fiel do mundo microscópico e nanoscópico durante experiências por longos períodos de tempo.


Novo design mecânico para proporcionar estabilidade ultraelevada (Ti2-E)

pfs

O mecanismo de focagem Z de alta estabilidade permanece adjacente ao revólver mesmo em configurações ampliadas

Para melhorar a estabilidade de focalização, os mecanismos de autofocalização PFS, e da unidade Z, foram completamente redesenhados.

O novo mecanismo de focalização Z é menor e está posicionado de forma adjacente ao revólver, minimizando vibrações. Permanece adjacente ao revólver mesmo numa configuração ampliada (Stage Up), assegurando a estabilidade em todas as aplicações.

A parte detectora do sistema Perfect Focus (PFS) foi separada do revólver de modo a reduzir sua carga mecânica. Este novo design também minimiza a transferência de calor, o que contribui para um ambiente de imagem mais estável. Para tal, o consumo de potência do motor da unidade Z foi também reduzido. Combinadas, estas melhorias mecânicas resultam em uma plataforma de imagem ultra estável, perfeitamente adequada à captura de imagens de moléculas individuais  e a aplicações de super resolução.


A quarta geração do sistema Perfect Focus da Nikon (Ti2-E)

A mais recente geração do sistema Perfect Focus (PFS) corrige, automaticamente, o desvio de foco causado por alterações de temperatura e vibrações mecânicas que podem ser provocadas por uma variedade de fatores, incluindo a adição de reagentes a uma amostra e a captura de imagens de multiposição.

O PFS detecta e localiza a posição de um plano de referência (por exemplo, superfície da lamínula, no caso de objetivas de imersão) em tempo real, para manter o foco. A tecnologia de desvio óptico exclusiva permite aos usuários manterem o foco quando se provoca um desvio de posição arbitrário, a partir do plano de referência. O usuário poderá simplesmente focar no plano desejado e depois usar o PFS. O PFS mantém, de forma automática e contínua, o foco através de um codificador linear embutido e de um mecanismo de resposta de alta velocidade, produzindo imagens altamente confiáveis, mesmo em tarefas de captura de imagens complexas e de longa duração.

O PFS é compatível com uma vasta gama de aplicações, desde experimentos de rotina, que envolvem pratos de cultura plásticos a captura de imagens de moléculas individuais, e imagens multifóton. Também é compatível com uma vasta gama de comprimentos de onda, desde ultravioleta a infravermelho, mantendo o foco perfeito mesmo nas aplicações de pinça óptica e multifóton.

focal-plane
spectra

Espectro de PFS dicróico


Guia de assistência inteligente

pic_23

Sensores integrados detectam o estado dos componentes do microscópio

Já não é mais necessário memorizar procedimentos complexos de operação e alinhamento de microscópio. O Ti2 usa dados de sensores para o orientar você nestes passos, eliminando o erro do usuário e permitindo aos pesquisadores se concentrarem em seus dados.

Indicação contínua do estado do microscópio (Ti2-E/A)

assist-guide

Mude sua perspectiva (0:19)

A coleta de dados de sensores integrados detecta e se transmite informações de estado de uma variedade de componentes do microscópio. Todas as informações de estado são registradas nos metadados quando você faz a aquisição das imagens em um computador, de modo que possa, de forma fácil, registrar as condições de aquisição e/ou verificar erros de configuração.

Além disso, uma câmera interna permite aos usuários visualizar a abertura traseira, facilitando a confirmação do alinhamento do anel de fase e da cruz de extinção na DIC. Proporciona, ainda, um método de laser seguro para alinhar lasers em aplicações como o TIRF.


status-lights

Luzes de estado

O estado do microscópico pode ser visualizado num tablet e ainda determinado com base nas luzes de estado na frente do microscópio, possibilitando a determinação do estado em uma sala escura.


Orientação para procedimentos operacionais (Ti2-E/A)

A função de Guia de Assistência do Ti2 proporciona uma orientação passo-a-passo interativa para manuseio do microscópio. O Guia de Assistência pode ser visualizado num tablet ou PC e integra dados em tempo real dos sensores e de uma câmera internos. O Guia de Assistência foi criado para ajudar os usuários nos procedimentos de alinhamento na resolução de problemas e configuração de experimentos.

assist-guidance

Detecção automática de erros (Ti2-E/A)

check-mode

O Modo de Verificação permite aos usuários confirmarem, com facilidade, num tablet ou PC, que todos os componentes corretos do microscópio estão no devido lugar, de acordo com o método de observação escolhido. Esta capacidade elimina tempo e esforço normalmente necessários na resolução de problemas, quando o método de observação desejado não é atingido. Também, é particularmente vantajosa quando vários usuários estão envolvidos, cada um com o potencial de fazer alterações inesperadas nas configurações do microscópio. Os procedimentos de verificação personalizados poderão ser pré-programados.


Operação Intuitiva

A localização de todos os botões e interruptores se baseia no tipo de iluminação que controlam. Os botões que controlam a observação diascópica são posicionados do lado esquerdo do microscópio e os que controlam a observação de fluorescência estão do lado direito. Os botões que controlam as operações comuns estão no painel frontal. Este zoneamento cria um layout fácil de memorizar, uma característica desejável quando se usa o microscópio em sala escura.

microscope-control

❶ Interruptor do Obturador (Ti2-E)

Os interruptores do obturador foram incorporados no design para controlar dispositivos como por exemplo, a torre do filtro de fluorescência e o revólver de objetivas. Estes tipos de interruptores emulam a sensação de rotação manual destes dispositivos para um controle intuitivo. Funcionalidades adicionais podem ser incorporadas nestes interruptores de obturador, de modo que um único interruptor possa operar vários dispositivos relacionados. Por exemplo, o interruptor do obturador da torre do filtro de fluorescência não gira apenas a torre, mas também abre e fecha o obturador de fluorescência, quando o usuário pressiona o interruptor. Também é possível programar estes interruptores para operar um filtro rotativo de barreira e a unidade de contraste de fase externa.

❷ Botão de Função Programável (Ti2-E/A)

Convenientemente localizados, os botões de Função permitem a personalização da interface com o usuário. Os usuários podem selecionar mais de 100 funções, incluindo o controle de dispositivos motorizados como por exemplo, obturadores, e mesmo saídas de sinal para dispositivos externos através da porta E/S, para realização de aquisição de alta velocidade (triggered). Também podem ser atribuídas funções de modo, a esses botões, que permitem a alteração instantânea dos métodos de observação através do armazenamento das configurações de cada dispositivo motorizado.

❸ Botão Rotativo de Focalização (Ti2-E)

Existe um botão de aceleração de foco e um botão de acionamento do PFS ao lado dos botões giratórios de focalização. Os dois botões são facilmente identificáveis pelo toque devido às suas formas diferentes. A velocidade de focalização é ajustada automaticamente para cada objetiva em uso, permitindo a operação sem estresse, e mantendo uma velocidade de focalização ideal.

Controle Intuitivo com Joystick e Tablet (Ti2-E)

O joystick Ti2 não controla apenas o movimento da platina, mas a maioria de funções motorizadas do microscópio, incluindo a atividade do PFS. Pode exibir coordenadas XYZ e o estado dos componentes do microscópico, fornecendo ao usuário meios eficientes para controlar remotamente o microscópio. As funções motorizadas do Ti2 poderão ainda ser controladas a partir de um tablet, conectado ao microscópio via LAN sem fio, o que oferece ao usuário uma interface gráfica versátil para controle do microscópio.

control-2
control-3
 
 

SOLICITE SEU ORÇAMENTO (Preencha o formulário abaixo:)